Seja bem vindo ao Olympic Chronicles! O fórum baseado na série Percy Jackson e os Olimpianos, de Rick Riordan.
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
About

E se os deuses do Olimpo estivessem vivos em pleno século XXI? E se eles ainda se apaixonassem por mortais e tivessem filhos que pudessem se tornar heróis? Segundo a lenda da Antigüidade, a maior parte deles, marcados pelo destino, dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. Os que realizam essa "façanha", por sua vez, são mandados para um lugar especial: O Acampamento Meio-Sangue, um campo de treinamento, o lugar mais seguro para uma criança semi-deusa, .
Ou pelo menos era, até Cronos começar a planejar sua volta.
O Titã está recrutando novos montros, colocando o mundo em perigo. A profecia está prestes à se cumprir, e Cronos tem um trunfo - ou finge ter - em seu poder : A Caixa de Pandora, feita por Hefesto, e que contém todos os males do mundo.

Escolhas serão feitas, partidos serão tomados. E, o mais importante: a profecia será realizada. 

Melhor visualizado em Internet Explorer

Staff

Ayla

Karol

Luisa
Spotlight

Boy
Boy- noname
lololol


Girl
Girl- noname
lololol


Couple
Couple- noname
lololol


RP
RP- noname
lololol


Post
Post- noname
lololol


Player
Player- noname
lololol
Partners

Para se tornarnosso parceiro, logue coma conta Parcerias e a senha partners, e envie uma MP para Chaos com o button e o link do seu fórum, além de seu MSN. Entraremos em contato.





Fórum CentralAvalonPrisma - a Hogwarts RPG

Compartilhe | 
 

 And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Gustave Aldenth
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 25
Data de inscrição : 27/07/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qua Ago 26, 2009 5:06 pm

Na noite anterior, decidi que iria escrever um livro de como as pessoas poderiam ficar famosas, ou ser mais famosas e influenciáveis, e desse jeito, eu ficaria famoso por fazer as pessoas ficarem famosas e daí as pessoas famosas iam ficar famosas por causa do livro de famosos que eu famosamente lançarei. Resumindo, ser famoso vai se tornar comum, e não ser famoso é que te deixaria famoso. Oh, que raciocínio confuso. Mas legal e totalmente sense.

Tinha decidido o local mais que perfeito para escrever... na floresta, onde acho que ninguém me pertubaria, somente Charlie ou Felícia, mas duvidasse que umas das duas estivessem me seguindo pra qualquer lugar da floresta que eu vou. Mas enfim, só troquei de roupa, colocando uma camiseta de algodão e botões, uma calça normal e um tênis da adidas que tinha ganhado do meu pai. Tá, peguei uma mochila que havia levado ao acampamento e soquei tudo do que precisaria para escrever um livro. Mesmo sabendo que eram mil e umas dicas.

Eu estava tentando encontrar algum nexo para músicas. Enquanto ouvia música, quer dizer, eu podia esquecer de muitas coisas, ou não reparar em coisas, mas music is a expression. Estava na floresta, como quase que sempre e todos os dias, já que não conseguia ficar sequer sem o contato indireto com mamãe. Levei um caderno comigo, e uma caneta. Comecei a escrever, com minha letra garranchada.

Dica 1
"Por favor, quem nunca ouviu uma música que não falasse de amor, me diga, eu quero ouvir. Porque, eu consigo resumir em dois tópicos, o necessário pra construção de uma música de hoje em dia. Basta você falar de amor, ou de dor de cotovelo, ou simplismente por ter levado um pé na bunda e que você consegue escrever algo que vendesse muito, ou como água. Segundo, se você conseguisse fazer uma batida realmente legal, você podia gravar um disco. "

Dica 2
"Mas se você realmente não ligasse pra música, quisesse mesmo é ficar famoso, tire suas roupas e fale tudo o que não gostaria de ouvir. Fale mal do presidente e fale mal do governo. Se você morar em uma monarquia absolutista ou monarquia palarmentar, diga que odeia a rainha e o parlamento. Depois você provavelmente vai ser preso por andar nu e as pessoas vão querer que você saia de lá, porque você é o novo ídolo do país."

Dica 3
"Faça um papel para entrar em um seriado de adolescentes para algum canal de televisão famoso. Se conseguir, tente se enturmar o máximo para conseguir mais contatos e aparecer como figurante em algum episódio de CSI. Se conseguir, beleza, agora espere pela audiência. O ibope tá bom? Então, lançe um disco, e depois se fazer sucesso um DVD com bonus track. Qualquer fã comprará."

Dica 4
"Se candidate a presidência. Pode ser de qualquer, mas óbvio, se você for a maior potência mundial, você se tornará muito mais importante do que a Bielorrússia. Ou se não, dê algum jeito de representar esse país: sendo general do exército, ou da aeronáutica, ou miss universo, ou simplismente vencer o america next top model."


Ok, "Mil e umas maneiras de ser famoso" não era definitivamente um bom título para um livro meu. E eu estava com preguia de escrever mais e mais e faltavam simples 997 maneiras, simple and easy. E, se ignorar o fato que eu não estava com a menor idéia das outras dicas de se tornar famoso. Eu arranquei a última página do caderno e fiz um boneco palito. Simple and easy. Eu ri e amassei, pensando no que mais eu poderia escrever para poder ficar famoso. O que vocie faria?

Então, eu tive a idéia de escrever sobre ser alguém marromenos estilo Chronos, mas eu pensei que quando se quer dominar o mundo e etc, você nunca consegue. E se eu desse uma dica fail, eu seria processado e teria que pagar indenização. Além do mais, esse livro nunca ia dar certo. Eu ataquei a bolinha de papel e eu vi que acertei em alguma coisa, que falou "ai". - Olá, Charlotte. - se não fosse a Charlotte, eu ia morrer em pedaçinhos, ok?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Clarissa Belacqua
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 264
Data de inscrição : 07/06/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qua Ago 26, 2009 5:56 pm

Sabe quando você não tem tipo - nada de útil pra se fazer? Sempre me falaram que isso era beem comum na vida de adolescente ("Adolescentes nem estudam, é só farra, farra e farra, não é atoa que a maioria deles nem passa da adolescência", foram as palavras exatas), mas também sempre me disseram que Mapple Loops fazia parte de uma alimentação saudável e de um café-da-manhã balanceado. Agora realmente acho que só seja isopor com açúcar e bastante corante, mas sério, o que os jingles de Charlie Harper não nos faz acreditar?

De qualquer forma, sendo que não tinha nada de legal mesmo pra fazer, decidi andar. Andar era bom, relaxante e legal, principalmente se você o fizer em uma floresta e já que eu sempre fui o tipo de pessoa - sejamos honestos - "Que se dane", resolvi ir mesmo sem ligar pras ninfas estranhas que andam naquele lugar. Teriam coisas por ali que eu realmente não iria me acostumar mesmo.

O tempo estava agradável, então eu trajava um vestido bege de flores em um vermelho claro mínimas um pouco abaixo dos joelhos e galochas vermelho-vinho. Os cabelos estavam presos em uma trança embutida (do tipo que começa no topo da cabeça, pegando quase todo o cabelo) e alguns fios rebeldes foram presos com tic-tacs e outros não cederam nem pra isso e caíam na minha cara sem medo.

Eu andava enquanto desenhava um Marvin (sim, o marciano) na lateral de uma página de um livro da Jane Austen (foi mau, Janey, mas é que Mr. Bingley do filme me lembra Marvin) e foi aí que uma bolinha de papel vinda de algum lugar desconhecido me atingiu.

- Ai. - falei sem nem perceber e alguém me chamou de Charlotte. Fiz uma careta e segui até aonde vinha a voz. Era uma pessoa conhecida. Mas, por favor, não pergunte nome (uma garota normal obviamente perguntaria até mesmo sei lá, o RG dele), mas eu realmente não era boa em reconhecimentos faciais. Ou reconhecimentos em gerais, na realidade. - Charlotte? - eu perguntei, fazendo uma careta e meio que indignada - Não sou aquela doida, acredite. - eu disse, abraçando o livro fechado e brincando com a caneta na mão. Meus livros de literatura eram ferramentas tão úteis. De desenho.

Olhei ao redor. Verde, verde, verde, e um cheiro conhecido de terra molhada. Olhei para o garoto, dessa vez sem muita expressão - Me desculpe, mas eu te conheço? - eu perguntei.

Ignorem o fato de que é o Acampamento Meio-Sangue. E que meio-sangues não são lá tão comuns quanto... rabiscos de Marvin, o marciano, nas laterais das páginas dos meus livros, apesar de todos nós concordamos que nossos pais parecem com aqueles adolescentes que não passam da adolescência.

Só que nossos pais são meio imortais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gustave Aldenth
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 25
Data de inscrição : 27/07/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qua Ago 26, 2009 6:44 pm

Eu tinha ficado totalmente... envergonhado por ter atacado o pedaço de papel na cabeça da menina que eu pensei que era minha amíga dríade, Charlotte. Eu fiquei até que desapontado em um certo ponto, pois eu sentira a falta de Slate e/ou Browmer esses dias. Mas... eu já a vira no acampamento. - Não sou aquela doida, acredite. - e, se fosse Charlie... ela teria um apelido, muito ,mas muito engraçado.

Quando ela me perguntou se eu a conhecia, juro, pensei que ela era minha irmã. Quer dizer, meio irmã. Mas eu tinha quase certeza que eu a conhecia do chalé, mas, se ela era tão familiar pra mim, porque ainda não a conhecia? Ohshit. - Se você for do chalé 4, está explicado. - sorri pra ela. Ela com certeza era minha irmã, apesar de não ser muito que fisicamente comigo; acho que era somente seus olhos claros que combinava com os meus.

Eu me levantei e andei até ela, pra pegar os papéis no chão. Porque se não iam não ter um fim muito próspero se me vissem jogando lixo na floresta - ou lar - das ninfas de todos os tipos. Ok, não queria morrer muito cedo.

Pousei-me na frente dela. - Gustave. - estendi minha mão esquerda, já que a direita estava segunrando o livro que eu iria escrever e ficar famoso, beibes.

Ah sim, seria uma pena se ela fosse minha meia irmã...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Clarissa Belacqua
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 264
Data de inscrição : 07/06/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qua Ago 26, 2009 7:22 pm

- Se você for do chalé 4, está explicado. - o garoto disse para mim. Oh, então ele era meu meio irmão?

Ele se levantou para começar a pegar os papéis jogados no chão e o ajudei. Ele estendeu a mão para mim e se apresentou. Gustave. gus/TAAve.

- Clarissa. - eu disse, sorrindo e sacudindo sua mão. Notei um caderno que ele segurava na mão direita e juntei as sombrancelhas - Então, você está errando um pouco em o que você está fazendo com isso aí. - eu disse, sinalizando com a cabeça para o caderno.

Um pouco talvez fosse falsidade de mais, mas fui educada para mentir quando é necessário, tipo quando alguém tá gastando muitas folhas por sei-lá-o-quê. Quem sabe ele não tem aquela doença de um filme com o Robert DeNiro (acho)?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gustave Aldenth
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 25
Data de inscrição : 27/07/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qui Ago 27, 2009 2:22 pm

Pela primeira vez... tentei prestar um pouco de atenção.

- Então, você está errando um pouco em o que você está fazendo com isso aí. - disse Clarissa.

Eu posso ser totalmente tapado, ou não, mas eu acho que ainda não caiu a ficha do que ela tinha acabado para mim. Sério, eu pensei, mas não encontrei muito nexo. Na verdade, eu encontrei um, ela era muito ecologicamente correta (até mais que eu) ou ela era aversa a livros e pessoas famosas. - Huh? - dei de ombros e fechei o caderno, já que ele ainda nnao ia ser lançado e não estava com vontade de fazer spoleirs.

Eu me senti um pouco idiota, por ser ficado com tanta cara de WTF por tanto tempo. Era terrível. Mas, como sou desligado, e muitas vezes não entendo a piada, era totalmente normal que eu ficasse off por tanto tempo. Eu sei, as pessoas em minha volta estavam quase que acostumadas.

Ah sim, voltando a questão, ela ainda não tinha respondido se era filha de Deméter ou não, mas não queria ser petulante o bastante para perguntar. Considerei o "quem cala consente" e de fato acreditei que ela era minha meio irmã, perdida no meio da floresta.

Tá, ela não estava perdida. Um filho de Deméter conhece bem as plantas e a terra aonde pisa. Eu acho, ou comigo era (é) assim.

Quando eu me perdia, tentava pedir algo para minha mãe. Me lembro que quando eu era pequeno, eu tinha me perdido do meu pai. E, não, não começou a protar um pé de feijão no meio do nada para mim subir e achar meu pai de lá de cima, mas eu senti ela me guiando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Clarissa Belacqua
Meio-sangue
Meio-sangue
avatar

Número de Mensagens : 264
Data de inscrição : 07/06/2009
Idade : 25

MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   Qui Ago 27, 2009 7:49 pm

- Huh? - Gustave disse, não me entendendo, coisa um tanto normal para alguém normal.

Sorri e coloquei alguns fios rebeldes que ficaram fazendo meu rosto coçar atrás das orelhas e continuei abraçando o livro. Honestamente, nem sabia o nome. Mas era da Janey.

- Isso foi uma maneira indireta e desajeitada de perguntar "que diabos você está fazendo no meio de uma floresta, sozinho e sujando o chão?". - eu disse, franzindo os lábios, coisa que meio que realçava minhas bochechooooonas. E aí refleti que estava fazendo basicamente a mesma coisa. - Tá, eu posso estar fazendo a mesma coisa, mas pelo menos não estou sujando o chão e nem nada. - dei de ombros e sorri - Nesse sentido, provavelmente herdei mais coisas da nossa... - ergui as sombrancelhas para Gustave e desisti de falar "mãe". Ela não fora realmente uma mãe para mim. - Demi. - decidi, no final das contas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
And then you make this noise and its apparent it's all over [restrito]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» BOSS Noise Supressor e Compression Sustainer
» Nova Maquiagem (Shine Make Up)
» Opiniões sobre Noise Gate
» Bilhete: Michael manda um bilhete para os melhores fãs do mundo no Seminário Dia dos Namorados
» Entrevista: Michael dá entrevista as vésperas de sue aniversário de 50 anos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Olympic Chronicles :: Outside :: Floresta-
Ir para: