Seja bem vindo ao Olympic Chronicles! O fórum baseado na série Percy Jackson e os Olimpianos, de Rick Riordan.
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
About

E se os deuses do Olimpo estivessem vivos em pleno século XXI? E se eles ainda se apaixonassem por mortais e tivessem filhos que pudessem se tornar heróis? Segundo a lenda da Antigüidade, a maior parte deles, marcados pelo destino, dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. Os que realizam essa "façanha", por sua vez, são mandados para um lugar especial: O Acampamento Meio-Sangue, um campo de treinamento, o lugar mais seguro para uma criança semi-deusa, .
Ou pelo menos era, até Cronos começar a planejar sua volta.
O Titã está recrutando novos montros, colocando o mundo em perigo. A profecia está prestes à se cumprir, e Cronos tem um trunfo - ou finge ter - em seu poder : A Caixa de Pandora, feita por Hefesto, e que contém todos os males do mundo.

Escolhas serão feitas, partidos serão tomados. E, o mais importante: a profecia será realizada. 

Melhor visualizado em Internet Explorer

Staff

Ayla

Karol

Luisa
Spotlight

Boy
Boy- noname
lololol


Girl
Girl- noname
lololol


Couple
Couple- noname
lololol


RP
RP- noname
lololol


Post
Post- noname
lololol


Player
Player- noname
lololol
Partners

Para se tornarnosso parceiro, logue coma conta Parcerias e a senha partners, e envie uma MP para Chaos com o button e o link do seu fórum, além de seu MSN. Entraremos em contato.





Fórum CentralAvalonPrisma - a Hogwarts RPG

Compartilhe | 
 

 Perseu Jackson - Poseidon's

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Chaos
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 176
Data de inscrição : 17/03/2009

MensagemAssunto: Perseu Jackson - Poseidon''s   Seg Maio 11, 2009 10:16 pm

Dados do Player:

Nome do player: Luisa o/
Comunicadores/E-mail:
whaat.the.hell@hotmail.com [MSN]
eunemtenhoym [Y!M]
Idade: 14
Personagens (cite, inclusive, suas espécies): Percy Jackson, Athilya Abnara [meio-sangues], Zeus e Athena [deuses].

Dados do Personagem:

Nome: Perseu "Percy" Jackson
Data de Nascimento: 27/08/1993
Local de Nascimento: New Jersey
Filiação (pai ou mãe olimpiano): Poseidon.
Características Psicológicas: teimoso, briguento, impaciente. Fala dormindo. Extremamente leal, sendo seu ponto fraco exatamente esse: ele faria qualquer coisa para salvar um amigo. Muito cabeça dura. Irônico e sarcástico, tem um excelente humor, e sempre vê as coisas por esse prisma. É taciturno e rebelde, não aceitando ordens com facilidade. Quando entra numa briga, fica até ganhar ou conseguir um meio seguro de fugir – o que vier primeiro. Mas não é covarde, muito pelo contrário. Prepotente e presunçoso, não tem medo de desafiar os deuses – por mais que isso custe a sua vida.
Características Físicas: moreno, com cabelos bagunçados e olhos verdes como o mar.
Artista Utilizado: Logan Lerman
Breve introdução a Biografia:

“Olhe, eu não queria ser um meio-sangue.

Se você está lendo isto porque acha que pode ser um, meu conselho é o seguinte: pare de ler isso agora mesmo. Acredite em qualquer mentira que sua mãe ou seu pai lhe contou sobre seu nascimento, e tente levar uma vida normal.

Ser meio-sangue é perigoso. É assustador. Na maioria das vezes, acaba com a gente de um jeito penoso e detestável.

Se você é uma criança normal, que está lendo isto porque acha que é ficção, ótimo. Continue lendo. Eu o invejo por ser capaz de acreditar que nada disso aconteceu.

Mas, se você se reconhecer nestas páginas – se sentir alguma coisa emocionante lá dentro -, pare de ler imediatamente. Você pode ser um de nós. E, uma vez que fica sabendo disso, é apenas uma questão de tempo antes que eles também sintam isso, e venham atrás de você.

Não diga que eu não avisei.”


Biografia:

COISAS QUE APRENDI SENDO UM MEIO-SANGUE.

- Eu realmente tenho que fazer isso, Annabeth? – um moreno de olhos verdes pergunta para uma menina loira com olhar impaciente.

- Isso vai te ajudar em ver os lados bons das coisas, Seaweed Brain – a loirinha respondeu, girando os olhos nas órbitas.

- Eu acho que já sou otimista o bastante. Quero dizer, eu acredito que vamos ganhar essa maldita guerra, não acredito? – o menino perguntou, sarcástico.

Os olhos da menina faiscaram de irritação.

- Você faz isso agora, Jackson, ou... – Annabeth sorriu maniacamente, e Percy se virou para o papel, o título com letras gigantes se misturando em sua cabeça até ficar mais ou menos assim:

O EUQ RPINADE NDSEO MU OEIM-GSANEU

1) Primeiro de tudo: o – apesar de não ter nada de errado com ele, pra um mortal – título é um exemplo. Se você for um meio-sangue, provavelmente não conseguirá lê-lo – nem isso aqui, mas Annabeth me obrigou a fazer essa lista estúpida mesmo.

- AAAAAAAI! – Percy esfregou a nuca com força, e mirou a amiga, que olhava irritada para ele.

2) As filhas de Athena não são exatamente boazinhas. Depois de te obrigarem a fazer uma lista estúpida, elas pegam a lista, fazem um canudo com ela e dão com muita força na sua cabeça.

- Perseu Jackson! – ele ouviu Annabeth protestar, e deu um sorriso de canto, riscando o número 2 da lista.

Mas ele não gostava quando seus amigos o chamavam pelo nome todo – Perseu Jackson geralmente significava problema, como quando aquelas empousas sinistras o atacaram e à Rachel Elizabeth Dare na Goode, um ano atrás.

Entretanto, ele não mencionaria Rachel na frente de Annabeth, que nunca iria admitir, mas morria de ciúme da ruivinha desde que ela os conduzira através do Labirinto.

O que Percy achava realmente muito estranho, porque ele e Annabeth passaram por muitas mais coisas juntos – e apesar de Percy gostar de Rachel como amiga, ele tinha uma queda por Annabeth.

Não que ele soubesse disso.

2) Ter déficit de atenção não é de todo ruim – realmente ajuda em uma batalha, principalmente quando você tem a sua frente o cara que costumava de ensinar como usar uma espada, mas ficou “do mal” e se juntou a Cronos. Mais ainda quando a espada dele, Blackbiter, é metade de bronze celestial e metade de aço, o que me leva a...

3) Somos duplamente vulneráveis. Podemos tanto ser mortos por um tiro quanto por uma flecha com ponta de bronze celestial. Mas isso meio que tem seu lado bomo moreno riscou as duas palavras com força, e Annabeth rolou os olhos, cruzando os braços – desenvolver seus reflexos, o que deixa você mais atento quando o já mencionado vira-casaca te ataca no já mencionado – ou não? – barco dele.

Yeah, o Princess Andromeda e a luta de Percy e Luke lá foi algo, no mínimo, memorável. Ele sabia que o navio estava em algum lugar no oceano – qual? Er... o... Pacífico [?] – e que ele ia destruí-lo.

Ele tinha que destruir o maldito navio. Só assim eles, o exército dos deuses – que podiam ao menos ajudar um pouquinho, huh? – teriam alguma chance. E, mesmo assim, as chances nem eram muitas.

4) Você pode ficar um pouco frustrado – porque eu sei que fiquei – ao chegar aqui e não ser imediatamente determinado. Quando eu digo “determinado”, quero dizer que seu pai/mãe manda um sinal te reclamando como filho(a). Os deuses são realmente ocupados, e nem sempre tem tempo de olhar para os [s]milhares[/s] muitos filhos que tem.

- Satisfeita, Annabeth? – Percy resmungou, impaciente. Ele não estava nem um pouco a fim de ficar o dia inteiro no chalé, escrevendo aquela lista que não iria ajudá-lo em nada. Ele tinha que treinar mais, para derrotar o maldito exército de Luke, ou seja, fazer algo útil.

- Acho que não, Percy. Você aprendeu tão pouco nesses anos como meio-sangue? – a loirinha exigiu, e começou a enumerar. – Primeiro, teve a Fú... Benevolente. Depois, nós tivemos que recuperar o raio-mestre de Zeus, e quase fomos mortos. Você pulou daquela ponte, e caiu no rio, saindo miraculosamente seco e ileso. E depois nós fomos até LA, o Mundo Inferior, e... – Percy tampou a boca de Annabeth com as mãos. Pouco depois, ele ficou muito vermelho e afastou a mão da garota.

- Eu entendi, Annabeth – respondeu, se virando novamente para o papel, ainda muito vermelho.

5) Não fale os nomes das criaturas mitológicas – elas podem aparecer ao seu lado se você pensar nelas demais. Falo por experiência própria.

6) Se você for um filho de Poseidon, Zeus ou Hades, meu parabéns! Você é uma violação de um pacto que os Três Grandes fizeram, sobre o Rio Styx, após a Segunda Guerra, de que não teriam mais filhos. Nico e sua irmã são exceções. Eles meio que nasceram antes do tal pacto e foram “libertados” de um hotel estranho em Las Vegas onde o tempo não passa. E eu e Thalia também somos transgressões – e ambos pagamos preços bem caros por isso. Quero dizer, ser uma criança de um dos Três Grandes é difícil, graças a profecia, que diz quando o primeiro de nós completar 17 – o que, acredite, é realmente difícil – terá o poder de destruir ou salvar o Olimpo.

7) Não exatamente confie nos seus professores. Eles podem ser monstros malignos, como, por exemplo, uma Fúria. Por Poseidon, eu ainda sonho com a Sra. Dodds – que costumava me ensinar matemática na Academia Yancy, quando eu tinha 12 anos, e era uma tal Fúria – se transformando na sua forma original e tentando me matar. Não foi uma visão bonita.

8-) Não confie em Ares. Eu sei que posso apanhar totalmente de Clarisse La Rue se ela ler isso, mas é a mais pura verdade. O Deus da Guerra não é o mais confiável dos deuses. Ele faz de tudo para você lutar com ele, manipulando seus sentimentos e fazendo você sentir muita, mas muita raiva mesmo. E, caso você o vença numa luta e não seja extremamente educado com ele – vamos encarar, ele não merece – Ares amaldiçoa você e meio que sua espada pesa um pouco mais do que deveria em batalhas.

- Não deixe Clarisse ver isso, Wise Girl – Percy disse, por sobre a respiração, e Annabeth jogou a cabeça para trás, gargalhando sonoramente.

O moreno corou, voltando-se para a lista, e tentando ler os itens já escritos, tentando entender a garota ao seu lado. Annabeth era mutável. Seu humor variava rápido demais, e às vezes ele não conseguia acompanhá-la, ficando com uma cara de tonto, olhando a loirinha surtar ou tornar-se gentil, tipo assim, do nada.

O que alguns anos de convivência não fazem, huh?

- Está com medo de Clarisse, Percy? – An perguntou, forçando-se a respirar, e Jackson a encarou com um olhar mortal. A loira assustou-se um pouco, mas manteve a expressão divertida, sentando-se ao lado do moreno, e empurrou de leve, ombro a ombro. – Hey, estou só brincando, Seaweed Brain.

- Eu sei.
– Percy rosnou, irritado, e tentando ignorar Annabeth tão perto dele. Quero dizer, eles tinham uma coisa, depois de Annabeth tê-lo beijado no Monte Santa Helena, e deixado-o perplexo.

Ninguém estava esperando aquele beijo, nem ele. Mas tinha que matar aqueles telekhines-guys, e não podia correr atrás dela, puxá-la pela cintura e beijá-la de novo, como queria ter feito.

9) Cheque sua mochila de vez em quando. Nunca se sabe quando um raio-mestre de Zeus vai surgir dentro dela, porque alguém tinha feito a mochila como uma espécie de bainha para ele.

10) Tome cuidado com o Mar de Monstros. Entenda: é o Triângulo das Bermudas. Coisas ruins de verdade acontecem ali, como Scylla e Charybdis, ambas querendo de devorar. E também é lá que Circe vive, transformando todos os homens em porcos. Acredite, não é legal ser transformado em porco por Circe.

- Foi realmente ruim lá, não? – Annabeth, comentou, lembrando-se de quando os dois estavam lá, a procura de Grover, junto com Clarisse e Tyson, o irmão-ciclope mais novo de Percy.

O moreno acenou com a cabeça, também lembrando. Seus olhos brilharam um pouco, e ele pegou a caneta, inclinando-se sobre o papel.

11) Pontos fracos. Todo herói tem um, sabe. O de Annabeth, por exemplo, é o orgulho. Ela faria qualquer coisa para provar que está certa. O meu, é minha lealdade para as pessoas que eu me importo. Eu não acho que esse meu ponto fraco é ruim, uma vez que eu só faço de tudo o que puder para ajudar meus amigos. Mesmo que isso envolva destruir o Olimpo. Minha mãe está certa, Percy. É um ponto fraco fatal.

- Agora você vai se meter nas minhas listas, Chase? – resmungou Percy, irritado, e Anna sorriu.

- Só reforçando o que Athena disse, Percy. Apesar de achar que isso é sua maior qualidade, isso também pode desencadear sua ruína. E... eu não quero que você morra, Percy. Eu... não quero te perder, como... aconteceu com Luke. – Annabeth inclinou-se sobre a mesa, e Percy abraçou-a pelos ombros. Ele odiava ver a amiga chorar, principalmente quando era sobre aquele canalha, traidor, hediondo, de Luke Castellan.

Deu pra perceber que Percy não era o fã número um dele, certo?

E, que se dane, se fosse para eles ficarem se abraçando tão fofamente como estavam naquele momento, o assunto Luke pode surgir quando quiser. [Para constar: quem pensa isso é a narradora, não o Percy.]

E, enquanto estava ali, só ele e Annabeth, tudo pareceu estar certo. Sua amiga estava triste, certo, mas ele estaria sempre ao lado dela para consolá-la e apoiá-la, e ele sabia que ela estaria lá por ele também. Eram só um garoto com uma garota, sem nenhuma palhaçada de profecia. Só... dois amigos que mais pareciam namorados juntos, conversando.

Annabeth enxugou uma lágrima e olhou para a camisa laranja-berrante de Percy, envergonhada.

- Desculpe ter te molhado todo, Seaweed Brain.

- Não é como se eu conseguisse ficar muito tempo seco, mesmo
– ele admitiu, dando de ombros, e Anna sorriu, feliz. Se despediu do moreno, falando que tinha que praticar arco-e-flecha em pouco tempo, e que deveria ir até seu chalé se trocar.

Relutantemente, Percy deixou-a ir, prometendo que falaria com ela mais tarde.


Última edição por Chaos em Ter Maio 12, 2009 5:59 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://olympicchronicles.forumeiros.com
Chaos
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 176
Data de inscrição : 17/03/2009

MensagemAssunto: Re: Perseu Jackson - Poseidon's   Seg Maio 11, 2009 10:17 pm

&&. continuação


12) Sabe aquele guri meio estranho, que anda como se tivesse as duas pernas quebradas, parece mais velho do que todo mundo, e é meio excluído? Ele provavelmente é um sátiro, que veio te escoltar até o Acampamento. Meu melhor amigo é um sátiro, e eles são realmente legais. Então, a lição meio é que você tem que ser legal com seu sátiro. Eu acho.

13) Bem, eu não acho uma boa ideia você mexer com as Caçadoras de Ártemis – eu viajei com elas quando tinha 13 anos, e, bem, não foi uma experiência lecal. Elas renegaram os homens, então são rudes com todos os seres com um cromossomo Y. Mas eu gostei de ter uma missão com duas delas: Zoë Nightshade (filha de Atlas, que foi morta pelo pai) e Bianca di Angelo, que morreu no deserto, enquanto tentava parar um robô de Hefesto. Elas foram muito corajosas, e me orgulho de tê-las conhecido.

14) Não tente ressuscitar os mortos. Uma alma por uma alma não é lá uma troca muito justa, já que você terá que matar alguém que enganou a morte para pegar a alma da pessoa que você quer de volta. Nico tentou trazer Bianca de volta uma vez, seguindo as orientações do Rei Minos, para que matasse Dédalo. Não deu certo, e Bianca pediu para que Nico parasse de tentar trazê-la de volta – ela estava no lugar o qual pertencia. Nico acatou o pedido da irmã, e ela está nos Asfódelos até hoje. Para você ver: os mortos podem estar conformados com o seu destino, mesmo estando, huh, mortos.

15) Olhe, não leve as profecias do Oráculo muito ao pé da letra. Às vezes você quebra a cara bonito quando você tinha certeza que tal verso significava tal coisa, e aí acontece de ser algo completamente diferente. Eu falo isso por experiência própria – e você pode perguntar a Annabeth também, já que ela também já passou por isso.

16) O mais importante de tudo: o seu destino é você que faz. Não deixe uma profecia estúpida te parar, só porque ela diz que é muito provável a sua morte. Tuuuudo isso de Parcas – que, segundo uma amiga minha me informou, são tremendamente cruéis –, Oráculo, e o que mais tiver para saber o futuro – não acho que são muitos além desse, mas, que seja – são controlados por escolhas. Suas escolhas. Se você decidir não entrar no maldito Labirinto, isso não vai acontecer. Se você não quer ser a criança da profecia – como Thalia não quis – você pode desistir. Toda a sua vida depende de você.

“Não acho que essa lista ficou tão ruim assim, no final. Espero que tenha ajudado, ou vá ajudar você em algum momento, mas eu meio que espero que essa lista seja inútil – aí você não estará a beira da morte, numa missão considerada impossível. Se estiver, lembre-se: se a sua lâmina é mais curta, você tem de chegar mais perto do adversário. Foi assim que eu derrotei Ares – e com uma ajudazinha da maré, mas quem está contando?

Se você, algum dia, chegar numa ilha chamada Ogygia, diga um ‘oi’ para Calypso por mim – e, se puder e quiser, fique por lá. Posso dizer que essa ilha e Calypso serão o meu maior “E se...?”. Ela sabe que eu gostaria de ter ficado lá, mas eu simplesmente não podia ficar em Ogygia com a guerra começando aqui fora.

Ah, sim. Quanto Thalia, Nico, Tyson, Grover e Annabeth – preserve seus amigos. Sabe aquela história de “mantenha seus amigos próximos e seus inimigos mais próximos ainda”? Balela. Permaneça fiel a seus amigos e sua causa. Não desista facilmente. Lute até seu último suspiro. Eu sei que irei, com essa enorme guerra vindo.


Espero ter ajudado,

Percy Jackson.


P.S.: ah, sim. Antes que eu me esqueça: simplesmente não vá no Lótus Hotel e Cassino, em Las Vegas. Isso se você quiser, você sabe, ficar no mundo real. Lá o tempo passa rápido demais, e você fica cada vez mais atraído pelos jogos. Também não tente segurar o céu, como Atlas faz. Isso é trabalho dele. E, cara, dói demais. Deixe a maldição do titã com ele mesmo, já que foi essa sua punição. Além do mais, quase morrer com o peso do céu te esmagando não é exatamente a forma que eu pretendo morrer.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://olympicchronicles.forumeiros.com
 
Perseu Jackson - Poseidon's
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Michael Jackson: A verdade chocante sobre os Arquivos do FBI
» Jason Pfeiffer volta a dizer que teve caso com Michael Jackson
» Mãe de Michael Jackson: «O meu filho não era molestador»
» Lindsay Lohan cumprirá pena como faxineira de necrotério onde ficou Michael Jackson
» O que todos devem saber antes de abrir a boca para falar mal de Michael Jackson!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Olympic Chronicles :: Acervo de Biografias :: Biografias . Meio-sangues-
Ir para: