Seja bem vindo ao Olympic Chronicles! O fórum baseado na série Percy Jackson e os Olimpianos, de Rick Riordan.
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
About

E se os deuses do Olimpo estivessem vivos em pleno século XXI? E se eles ainda se apaixonassem por mortais e tivessem filhos que pudessem se tornar heróis? Segundo a lenda da Antigüidade, a maior parte deles, marcados pelo destino, dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. Os que realizam essa "façanha", por sua vez, são mandados para um lugar especial: O Acampamento Meio-Sangue, um campo de treinamento, o lugar mais seguro para uma criança semi-deusa, .
Ou pelo menos era, até Cronos começar a planejar sua volta.
O Titã está recrutando novos montros, colocando o mundo em perigo. A profecia está prestes à se cumprir, e Cronos tem um trunfo - ou finge ter - em seu poder : A Caixa de Pandora, feita por Hefesto, e que contém todos os males do mundo.

Escolhas serão feitas, partidos serão tomados. E, o mais importante: a profecia será realizada. 

Melhor visualizado em Internet Explorer

Staff

Ayla

Karol

Luisa
Spotlight

Boy
Boy- noname
lololol


Girl
Girl- noname
lololol


Couple
Couple- noname
lololol


RP
RP- noname
lololol


Post
Post- noname
lololol


Player
Player- noname
lololol
Partners

Para se tornarnosso parceiro, logue coma conta Parcerias e a senha partners, e envie uma MP para Chaos com o button e o link do seu fórum, além de seu MSN. Entraremos em contato.





Fórum CentralAvalonPrisma - a Hogwarts RPG

Compartilhe | 
 

 Bryce Parkinson - Aphrodite's

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Nyx
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 154
Data de inscrição : 17/06/2009

MensagemAssunto: Bryce Parkinson - Aphrodite's   Ter Ago 25, 2009 7:07 pm

Dados do Player:

Nome do player: Ana
Comunicadores/E-mail: acmdut@yahoo.com.br
Idade: 13
Personagens (cite, inclusive, suas espécies): Só essa aqui, mas terei mais.

Dados do Personagem:

Nome: Bryce Parkinson
Data de Nascimento:
Idade: 16 anos (nasceu dia 12/06)
Local de Nascimento: Los Angeles
Filiação (pai ou mãe olimpiano): Afrodite
Características Psicológicas: carismátca, calma, paciente e compreensiva. Amigável, não é tímida nem atirada, meio termo. Pode se estressar ao tocarem seu ponto fraco (biografia). Amorosa.
Características Físicas: Branquela, bochechas rosadas, cabelos lisos e com cachos nas pontas, um pouco ondulados e com coloração naturalmente loiro acinzentado. Não é muito alta, está na média de alura para sua idade. É magra.
Artista Utilizado: Rachel Hurd-Wood
Breve introdução a Biografia:

Eu demorei a perceber tudo. Demorei a perceber o motivo do ódio nos olhos do meu pai, demorei a perceber a raiva da minha madrasta, o ciúme da minha irmã. Demorei a entender o que eu era, demorei a chegar aqui. Sou atrasada. E demorei ainda mais para perceber a importância de tudo aquilo

Biografia:
Bryce Parkinson. Sim, apenas o sobrenome do meu pai, Fred Parkinson. Meu pai é meio normal, não se parece em nada comigo. Moreno, branco e alto, usa óculos e tem cara de professor de inglês. Eu não soube nada sobre mim mesma durante uma eternidade, que parecia não passar. Meu pai trabalhava em uma loja de rosas, lembro-me que ele demitiu-se quando viemos morar em NY. Soube que nessa loja ele teria conhecidominha mãe, e sempre me disse que ela era adorável, apaixonante, perfeita.

Namoraram, até demais e eu nasci. Durante a gestação da minha mãe, meu pai perdeu o contato com ela, pararam o namoro e tudo mais. Então eu nasci. Ele disse que foi na casa da minha mãe, parto de emergência. A enfermeira teria ido até lá, e logo depois de eu nascer, minha mãe viajou para sempre. É melhor do que falar "me abandonou".

A partir do meu nascimento, meu pai tornou-se odiável. Ele sempre olha para mim com uma cara que me dá medo. Não sei, acho que devo parecer com minha mãe, já que não pareço com ele. E um ano depois de eu nascer, ele se casou com uma mulher repugnante. Pior que qualquer Cruela Devil, acredite. Blair sei lá das quantas, prefiro não guardar em minha memória coisas desnecessárias como ela e seu sobrenome. E na lua de mel ela engravidou, meu pai estava todo saltitante e feliz, parecia pinto no lixo. E então nasceu aquela desgraçada. Sim, a Mary-fresca. Minha MEIA-irmã, dois anos mais nova que eu e mil anos mais enciumada.

Mary- fresca me odeia, tem raiva de mim e ciúme, não sei porquê. Irmã retardada, disléxica, burra, enfim, problemática, é assim que sou. Aous 10 anos eu estava me achando muito estranha, minha madrasta disse que era a puberdade, mas eu tinha 10 anos, eu era criança! Eu sonhava cm coisas estranhas, monstros, animais terríveis e uma mulher simpática (parecia) e bonita. Muito bonita, devo dizer. E então meu pai falou que eu deveria ir para um colégio diferente, mas eu queria continuar em New York! Eu não queria sair do lugr, eu tinha me acostumado. E eu não me acostumo fácil. Então, ele me obrigou a ir, e fiz a viagem mais doida da vida. Tenho raiva, muita raiva, fico muito estressada com qualquer pessoa que me abandone! Como assim, me abandonar? Odeio ver pessoas irem, e tenho raiva de mim mesma por ter ido. Mas valeu a pena. Eu espero

Ele não me levou até lá, me deu as malas e mandou eu ir. Um tal Acampamento Meio-Sangue. E desse ponto em que ele me abandonou (melhor do que "viajou para sempre") foi terrível. Não gosto de lembrar, mas às vezes tenho que relembrar-me do motivo das lágrimas que chorei naquele dia. Era um cachorro gigante, de três cabeças. Então devo fazer uma pausa e ressaltar coisas que todos devem saber sobre mim:

1- ODEIO e tenho FOBIA de cães.
2- Nasci no dia dos namorados.
3- Sou praticamente socialmente excluída e rejeitada pela minha família.

Item 1. Eu comecei a espernear e chorar, estava com muito, muito medo. Joguei tudo para cima, morrendo de pavor daquela coisa malígna. DO bem que não seria. Mas fiz uma das únicas coisas úteis que já fiz. Corri, o mais rápido que pude. Então finalmente cheguei no lugar. Cheiava a morangos e o tempo era perfeito, o cachorro não entrou. Minhas lágrimas acabaram, as malas estavam na vegetação rasteira do lugar. O tempo era bom e não era quente nem frio.

Eu sentei. Precisava de três segundos de paz e sossego. E então ele veio. Um tal de Sr. D. me cumprimentou e me levou até uma plantação de morangos. E então eu achei a solução para tudo.

.O ódio nos olhos do meu pai: era comigo, ódio de mim por ter sido o motivo do abandono. Minha mãe tinha o abandonado. E oi, ela me abandonou também, dã!

.A raiva da minha madrasta: meu pai nunca a amou, apenas a minha mãe. Também, repugnane que nem a Sra. Blair, nem a Bruxa do 71!

.O ciúme em Mary-fresca: eu era mais perfeita que ela. Bom... isso devo admitir que é pura verdade, morra de inveja Mary!

.E o que eu era. Uma meio-sangue. Filha de uma deusa e um humano. Mas eu era indeterminada, não sabiam de quem eu era filha. Depois de fazerem m interrogatório sobre a minha vida e tudo mais, perceberam que eu era filha de Afrodite, um dos fatores o meu aniversário, no dia dos namorados (sempre odeiei, isso étotalmente inútil, mas...)

Todo verão eu ia para o Acampamento Meio-Sangue, era mais que uma casa, o melhor lugar do mundo, meu lar. E agora, com 16 anos, meu pai falou que eu deveria ficar no acampamento por um longo tempo. Eu comecei a pular feliz, pela primeira vez senti a liberdade e vi o sorriso do meu pai: eu estava indo embora, e se dependesse de mim, para sempre.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://olympicchronicles.forumeiros.com
 
Bryce Parkinson - Aphrodite's
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Olympic Chronicles :: Acervo de Biografias :: Biografias . Meio-sangues-
Ir para: